Erro: Comunicação de Bolsonaro coloca presidente e vice na Cadeia

A Comunicação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) mal começou a está sendo ridicularizado nas redes sociais pela ineficiência. O site do Planalto errou ao transcrever o discurso do presidente na assinatura do decreto da posse de armas. O presidente começou a fala cumprimentando o vice, Hamilton Mourão, seu contemporâneo de Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Na transcrição oficial do discurso, os dois viraram contemporâneos de Cadeia Militar. Pode ou quer mais?

O erro continuava no ar na manhã desta quarta, quase 24 horas depois da solenidade. Ou seja, não houve nenhum chefe que pudesse mandar o texto ser reescrito. E este não foi o único erro da Presidência. Ao comentar a edição do decreto no Twitter (abaixo), o presidente escreveu que “aumentarmos de 3 para 10 anos o prazo para renovação da arma de fogo”. Desde 2017, porém, o prazo já era de 5 anos.

Se a Comunicação erra, imaginou o restante do governo? Melhor nem pensar!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *