Em crise no casamento com Bolsonaro, Mourão faz varredura em telefones

Embora o governo federal negue, o relacionamento entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o vice general Hamilton Mourão (PRTB) está cada vez mais próximo do rompimento. Cansado dos insultos dos filhos de Bolsonaro, o general Mourão usou a justificativa de executar um “procedimento de rotina” e mandou seus seguranças realizarem uma varredura em busca de grampos nas salas do gabinete da vice-presidência, no anexo do Palácio do Planalto e no Palácio do Jaburu.

No entanto, não encontrou os grampos. Mas a varredura aprofundou a tensão entre Jair Bolsonaro e Mourão. As divergências entre os dois tiveram início na campanha eleitoral e se intensificaram durante o mês passado. A situação ficou quase insustentável a partir das críticas feitas diariamente por Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e quem toma conta das redes sociais do pai. Carlos – manipulado sabe-se bem por quem – acusou Mourão de ser traidor e de conspirar para derrubar Jair Bolsonaro. Medo? Premonição? Síndrome dos vices?

Ainda não se sabe como será o desfecho, mas a expectativa é de clima de guerra em Brasília nos próximos dias! Esperar para ver.

2 thoughts on “Em crise no casamento com Bolsonaro, Mourão faz varredura em telefones

  1. Esses filhos do jair tem de ser colocados nos lugares deles o mourao e vice e bolsonaro e presidente terreiro que nao tem galo franguinhos se revelam mas isso acontece porque o pai esta sendo sem autoridade aos filhos, um e vereador entao trabalhe dentro da atribuicao dele que e fiscalizar o prefeito e faca jus ao seu cargo. Caso do irmao idem, questao do governo el diz respeito a eles, gera crise sem necessidade o governo nao e seio familiar nem casos domesticos mas cabe ao presidente ser autoridade, separar atribuicoes de familia, mourao nao provoca esta fazendo trabalho dele e entre bolsobaro e mourao um completa ao outro na fusao um e meio militar e mais politico e o outro e cem por cento militar e menos politico, eis a questao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *