Eleição de 1989 se assemelha a de 2018

É muito parecido. Muitos anos se passaram, mas Leonel de Moura Brizola é sempre atual. O discurso dele é muito atual. Em 1989, a mídia e a direita brasileira tentaram e conseguiram fazer com que Lula fosse para o segundo turno das eleições com Fernando Collor de Mello, deixando Brizola pouco para trás, em terceiro lugar. Com isto, Collor venceu Lula e o resultado todos conhecemos. Agora, fazem o mesmo com Fernando Haddad – a personificação de Lula, agora preso. Querem empurrá-lo para o segundo turno porque sabem que Brizola – hoje Ciro Gomes, do mesmo partido, nascido das fileiras brizolistas, filho pródigo que a casa torna – é o único que poderá de fato vencer a direita. O filme simplesmente se repete… #12Neles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *