Delegado aposentado é detido pela PM

O delegado aposentado da Polícia Civil do Paraná, Mario Ramos, citado e denunciado durante a passagem da CPMI do Narcotráfico pelo Estado nos anos 2000, foi detido e encaminhado para a Central de Flagrantes de Curitiba. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o delegado, agora com 66 anos, estava em um veículo dirigido por sua mulher, quando foram abordados no bairro Novo Mundo. Durante a abordagem, o delegado aposentado xingou os policiais militares que o detiveram por desacato.

A mulher dele teria se negado a fazer o teste do bafômetro e não tinha habilitação para carro, somente para moto. Ela foi encaminhada em seguida para a Delegacia de Delitos de Trânsito. Na delegacia, os gritos e ofensas do delegado não cessaram (segundo detalhamento da PM). No entanto, ele responderá apenas um termo circunstanciado. Os policiais civis não quiseram falar sobre o caso.

Desmanches – Mario Ramos, segundo a CPMI, era conivente com um esquema de drogas e desmanche de carros no Paraná. Os supostos mandantes, acobertados pela estrutura da Polícia Civil do Paraná (segundo investigação à época), eram Joarez Costa (conhecido como Caboclinho e executado recentemente no interior do Paraná) e Paulo Mandeli. Em 2015, o processo foi arquivado por falta de provas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *