Davi contra Golias: Traficante é morto de forma inusitada

Considerado um dos maiores traficantes do País, Mário Sérgio Árias, conhecido como ‘Panelão’ e Serjão Vida Dura, de 62 anos, foi morto com golpe de canivete. O inusitado é que Panelão era apontado como o grande matador da região de São José da Boa Vista (Norte Pioneiro) e era temido inclusive por policiais. Respondia pela morte de pelo menos sete policiais. Ele chegou a ser encaminhado para o hospital, mas morreu. O agressor seria um rapaz baixinho e com pequenos delitos nas costas. Ninguém imaginaria o desfecho da briga entre os dois. O apelido do rapaz é Ninjinha.

Crimes – ‘Panelão’ foi preso em Londrina em 2017, depois de permanecer foragido por cerca de cinco anos, quando fugiu de uma penitenciária no interior de São Paulo. Ele tinha passagens pela polícia desde 1977. Segundo relatos de policiais, Panelão chegou a movimentar uma tonelada de droga por mês no País, além de ter aviões e um aeroporto particular para o transporte. Ainda de acordo com a polícia, ele respondia a processos em São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul e era apontado como um dos representantes paulistas da facção criminosa Comando Vermelho, que atua no Rio de Janeiro. No entanto, ele teria deixado a facção para atuar sozinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *