Cocaína: traficantes que vendiam droga para caminhoneiros são presos

Uma quadrilha especializada na venda de cocaína para caminhoneiros foi desarticulada. A Divisão de Narcóticos do Paraná (Denarc) prendeu dez pessoas na Operação Têmis. Um suposto traficante está foragido.

Durante cinco meses de investigação, os policiais da Denarc monitoraram a ação dos traficantes. A operação terminou com a apreensão de sete armas, cerca de dois quilos de cocaína, 100 munições e cinco balanças de precisão, além de R$ 100 mil. Foram apreendidos ainda oito veículos usados pelos criminosos para distribuição de droga. A operação aconteceu em Curitiba e na Região Metropolitana.

A quadrilha agia principalmente em postos de gasolina, onde motoristas de caminhão costumam pernoitar. Os traficantes montaram um disque-cocaína com linhas telefônicas exclusivas para atender os caminhoneiros. De acordo com as investigações, a quadrilha vendia até 100 buchas de cocaína, chegando a arrecadar cerca de R$ 10 mil por dia.

Chefe atrás das grades – O homem apontado como chefe da quadrilha é Onéias Krupnitski, 30 anos, conhecido como “Escobar” ou “Neínha”. Ele está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE), acusado de dois homicídios e tráfico de drogas. De dentro da carceragem, ele comandava as ações dos traficantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *