Chico da Princesa é denunciado por peculato

O Ministério Público (MP) federal apresentou à Justiça denúncia por peculato contra o ex-parlamentar Francisco Octavio Beckert, conhecido como Chico da Princesa (PR). Chico é acusado de desviar recursos do Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) em proveito próprio. Para viabilizar o desvio, ele alegava, na Câmara dos Deputados, despesas falsas junto a duas empresas e um escritório de advocacia. Dois empresários da região de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, e uma advogada de Curitiba também foram denunciados.

De acordo com as investigações, o prejuízo aos cofres públicos teria sido de mais de R$ 500 mil (em valores de 2010). Como funcionaria? Entre 2007 e 2010, Chico da Princesa teria recebido indenizações sistemáticas com base na “contratação” de serviços dos investigados. No período, o deputado solicitava ao Congresso Nacional indenizações por serviços de segurança privada (R$ 3 mil mensais), aluguel de veículos (R$ 7 mil mensais) e consultoria jurídica (R$ 5 mil mensais). Os serviços jamais teriam sido prestados.

A denúncia foi apresentada em abril deste ano, mas permaneceu em sigilo até o bloqueio dos bens para evitar a evasão dos recursos. As penas para o delito de peculato (art. 312 do Código Penal) variam entre 2 e 12 anos de reclusão, além de multa.

Veja a íntegra da denúncia: http://www.mpf.mp.br/pr/sala-de-imprensa/docs/denuncia-chico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *