notícias, política

Chico da Princesa é denunciado por peculato

O Ministério Público (MP) federal apresentou à Justiça denúncia por peculato contra o ex-parlamentar Francisco Octavio Beckert, conhecido como Chico da Princesa (PR). Chico é acusado de desviar recursos do Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) em proveito próprio. Para viabilizar o desvio, ele alegava, na Câmara dos Deputados, despesas falsas junto a duas empresas e um escritório de advocacia. Dois empresários da região de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, e uma advogada de Curitiba também foram denunciados.

De acordo com as investigações, o prejuízo aos cofres públicos teria sido de mais de R$ 500 mil (em valores de 2010). Como funcionaria? Entre 2007 e 2010, Chico da Princesa teria recebido indenizações sistemáticas com base na “contratação” de serviços dos investigados. No período, o deputado solicitava ao Congresso Nacional indenizações por serviços de segurança privada (R$ 3 mil mensais), aluguel de veículos (R$ 7 mil mensais) e consultoria jurídica (R$ 5 mil mensais). Os serviços jamais teriam sido prestados.

A denúncia foi apresentada em abril deste ano, mas permaneceu em sigilo até o bloqueio dos bens para evitar a evasão dos recursos. As penas para o delito de peculato (art. 312 do Código Penal) variam entre 2 e 12 anos de reclusão, além de multa.

Veja a íntegra da denúncia: http://www.mpf.mp.br/pr/sala-de-imprensa/docs/denuncia-chico.

Tagged , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *