Brasileiros suspeitos de planejar ataque terrorista são presos pela PF

A Polícia Federal (PF) prendeu ontem dez brasileiros suspeitos de planejar um ataque terrorista durante os Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrerão no Rio de Janeiro. Claro, tinha paranaense entre eles. As ordens de prisão foram expedidos em Curitiba.

Os nomes estão sendo mantidos em sigilo pela polícia – coisa lamentável em todas as circunstâncias porque a população tem o direito de saber os nomes de autoridades e pessoas envolvidas supostamente em crimes. No total, foram expedidos 12 mandados de prisão temporária em sete Estados, dois de condução coercitiva (para prestar depoimentos) e 20 de busca e apreensão. Os envolvidos têm idades entre 20 e 40 anos.

Os suspeitos utilizavam codinomes de origem árabe e faziam parte de uma comunidade no Facebook chamada “Defensores da Sharia” – onde postavam vídeos e textos “genéricos” de exaltação a atentados cometidos ao redor do Mundo. Também teriam jurado lealdade e fidelidade ao Estado Islâmico (EI). Dois deles já responderam a acusações de homicídio e um terceiro encomendou um fuzil AK-47 numa loja clandestina no Paraguai. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *