notícias, política

Bens de ex-prefeito são bloqueados na Justiça

O ex-prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheletto, teve os bens bloqueados por determinação judicial. Ele e outros 12 réus são citados em denúncia de fraude na licitação de contratos para prestação de serviços de lavagem de veículos do Município. Entre os réus, estão servidores públicos.

A decisão da Justiça é baseada nas investigações do Ministério Público (MP) do Paraná que constataram o direcionamento da licitação e superfaturamento nos preços cobrados pelas empresas contratadas. O prejuízo estimado aos cofres públicos é de aproximadamente R$ 136 mil, em valores ainda não atualizados. Além do pedido liminar de bloqueio de bens, a ação requer, na análise do mérito, a declaração da nulidade dos dois pregões que geraram os contratos suspeitos e a condenação dos réus às penas da Lei de Improbidade Administrativa, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento do dano e pagamento de multa.

Marcel Micheletto (PSDB) foi prefeito de Assis Chateaubriand na gestão 2013-2016 e reeleito para o atual mandato. No entanto, ele renunciou o mandato em abril, obedecendo ao prazo de desincompatibilização para aqueles que postulam outro cargo nas eleições deste ano. O nome dele tem sido cogitado para vice-governador do Paraná.

Tagged , , , , , , , ,

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *