Bens de ex-prefeito são bloqueados na Justiça

O ex-prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheletto, teve os bens bloqueados por determinação judicial. Ele e outros 12 réus são citados em denúncia de fraude na licitação de contratos para prestação de serviços de lavagem de veículos do Município. Entre os réus, estão servidores públicos.

A decisão da Justiça é baseada nas investigações do Ministério Público (MP) do Paraná que constataram o direcionamento da licitação e superfaturamento nos preços cobrados pelas empresas contratadas. O prejuízo estimado aos cofres públicos é de aproximadamente R$ 136 mil, em valores ainda não atualizados. Além do pedido liminar de bloqueio de bens, a ação requer, na análise do mérito, a declaração da nulidade dos dois pregões que geraram os contratos suspeitos e a condenação dos réus às penas da Lei de Improbidade Administrativa, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento do dano e pagamento de multa.

Marcel Micheletto (PSDB) foi prefeito de Assis Chateaubriand na gestão 2013-2016 e reeleito para o atual mandato. No entanto, ele renunciou o mandato em abril, obedecendo ao prazo de desincompatibilização para aqueles que postulam outro cargo nas eleições deste ano. O nome dele tem sido cogitado para vice-governador do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *