Após prisão, Beto Richa desativa opção para comentários em rede social

Devido à enxurrada de comentários negativos de mensagens de protesto de seus seguidores, o ex-governador e candidato ao Senado pelo Paraná, Beto Richa (PSDB), desativou a opção de comentários da sua rede social Instagram. Recentemente, Beto Richa foi preso com outras 14 pessoas nas investigações da Operação Rádio Patrulha – que apura supostos desvios no programa “Patrulha do Campo”. Entre os detidos estavam a esposa dele Fernanda Richa e o irmão Pepe Richa. A origem das denúncias é a delação premiada acertada pelo ex-deputado estadual Tony Garcia que, para embasar as acusações, entregou ao Ministério Público (MP) uma série de gravações envolvendo o então amigo Beto Richa, aliados e empresários.

O escândalo da prisão causou um desgaste irreparável e abalou o meio político do Paraná. Tanto que, a ex-governadora Cida Borghetti (PP) pediu o afastamento dele da coligação e tenta a todo custo descolar sua imagem do até então aliado Beto Richa. Há quem a chame, nas redes sociais, de Mal AgradeCIDA.

Beto Richa foi solto na madrugada do último sábado (15), por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *