Alívio no Paraná

A Polícia Federal cumpriu hoje dezenas de mandados de prisão contra políticos e empresários acusados de fraudar licitações e contratos dos programas federais PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) e Luz Para Todos. No centro das investigações está a empresa construtora Gautama, com sede na Bahia, e seu proprietário, Zuleido Veras -contra quem também foi expedido mandado de prisão.

Entre os detidos estão: o prefeito petista de Camaçari (BA), Luiz Caetano, chefe de gabinete do ministro de Minas e Energia; o ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares (PSB); e o deputado distrital de Brasília Pedro Passos (PMDB) -acusado também de grilagem de terras.

A Operação Navalha foi deflagrada no Maranhão, Bahia, Alagoas, Piauí, Pernambuco, Sergipe, Goiás, São Paulo e Mato Grosso, e no Distrito Federal. Estão sendo cumpridos 84 mandados de busca e apreensão e 40 de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *