Alegando doença, família de Queiroz não comparece a depoimento

A defesa do motorista Fabrício Queiroz informou que ele está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um câncer intestinal. As duas filhas, Nathalia e Evelyn Queiroz, e a mulher dele, Marcia Aguiar, segundo o ofício, não poderiam comparecer ao depoimento porque o acompanhavam o tratamento dele.

Apesar de tudo, ele já teve alta. A informação é a de que ele havia dado entrada no hospital Alberto Einstein, em São Paulo, no dia 30 de dezembro. Ele teria passado por uma cirurgia para retirada um tumor maligno do intestino. O diagnóstico do motorista é de neoplasia de cólon sigmoide (câncer de cólon).

Lembre o Caso – Sete servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que passaram pelo gabinete do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) fizeram transferências bancárias para uma conta mantida pelo ex-policial militar Fabrício José Carlos de Queiroz. O levantamento foi feito por VEJA com base em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda, mas que irá para a pasta da Justiça no governo de Jair Bolsonaro, pai de Flávio. Segundo o relatório, esses servidores transferiram no total R$ 116.556 para a conta de Queiroz entre 1º de janeiro de 2016 e 31 de janeiro de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *