arquibancada, campeonato, esporte, estádio, federação, futebol, maringá, willie davids

Ação judicial: Maringá Futebol Clube indenizará consumidores?

A 6ª Promotoria de Justiça de Maringá ajuizou uma ação civil pública contra o Maringá Futebol Clube, a Federação Paranaense de Futebol e uma empresa por prejuízos causados a consumidores na partida decisiva do Campeonato Paranaense de 2014. O jogo ocorreu no dia 13 de abril, no Estádio Willie Davids.

Segundo apurou o Ministério Público (MP), a partida recebeu 19.071 espectadores, quase a lotação máxima autorizada na ocasião pelo Corpo de Bombeiros (19.092). Da lotação autorizada, 4 mil ingressos eram para cadeiras na arquibancada coberta. Entretanto, foram vendidos 8.084 bilhetes para a área coberta. Com isso, mais da metade dos compradores de bilhetes ficaram impossibilitados de assistir à partida.

Várias outras irregularidades foram observadas: acesso de pessoas que não haviam comprado ingresso e falhas na revista dos torcedores (o que permitiu a entrada de fogos de artifício disparados contra o campo e contra policiais militares que trabalhavam na partida).


Na ação, o MP aponta que houve violação dos direitos: à segurança; de ocupar o local correspondente ao número constante no ingresso; ao patrimônio e ao bem-estar psicológico e moral. A Promotoria de Justiça requer a condenação dos réus à indenização por danos individuais (morais e materiais) calculado em aproximadamente R$ 177 mil e por danos morais coletivos.

About Luciana Pombo

Jornalista, teóloga, professora, amante do futebol, da poesia, da política, das coisas da vida! Com diversas premiações e moções parlamentares. Entre as principais premiações: Escritores da Liberdade, Top Master Estadual em Jornalismo, Fera Honorária (pela luta em prol da repressão ao uso de drogas e prevenção), Amiga da Criança, Dia do Radialista expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Dia da Mulher expedido pela Câmara Municipal de Curitiba, Diploma de Mérito Social.
View all posts by Luciana Pombo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *